quarta-feira, 5 de julho de 2017

Para sempre Jerusalém



              Jerusalém é a eterna capital para os judeus, primeiramente, depois para os cristãos, mas nunca foi a capital para os muçulmanos. Na parte sul do Muro das Lamentações, alguém, no início do segundo século, riscou um grafite com o seguinte versículo: “E vós vereis e alegrar-se-á o vosso coração, e os vossos ossos reverdecerão como a erva tenra; então a mão do Senhor será notória aos seus servos, e ele se indignará contra os seus inimigos.” Isaías 66:14
              Todo o capítulo 66 do livro de Isaías fala sobre Jerusalém e o final do livro de Apocalipse é sobre Jerusalém. O general romano Tito cunhou uma moeda com a inscrição Judea Capita – o estado moderno de Israel cunhou uma moeda memorativa: Judea ReCapita. Não importa o que aconteça, hoje ou amanhã, Jerusalém sempre será reivindicada e o Trono de Misericórdia com Yeshua o Messias assentado nele será eternamente em Jerusalém e as nações virão para adorar o Deus de Abraão, Isaque e Israel – para sempre em Jerusalém.
              Deus abençoe a todos vocês,

              Joseph Shulam